terça-feira, 12 de janeiro de 2010

OI, PAI, TUDO BEM?

Hoje está fazendo dois anos, que o senhor partiu.

Nós não te esquecemos, ao contrário, lembramos de como sempre foi, trabalhador, honesto, correto, digno, deixando para nós a lição da honradez e do trabalho.

Sempre nos lembramos de quando moravamos no bixiga, e iamos jantar nas cantinas, onde quando o senhor chegava virava atração, pois os próprios cantores das casas, iam lhe pedir para cantar, com sua voz de tenor.

Temos certeza, que está com os tios: hermelindo, tininho e o tano seu predileto, amigo de sempre e com quem passava as manhãs de domingo sagradamente.

Sabemos que deve estar com o hermelindo cantando gardel, e o toninho, dizendo: cantor é você e não seu irmão, ele era muito engraçado dentro de seu jeito, mais atrasado do que para frente.

Tudo ficou muito bem guardado, quando nos reunimos sentimos muito sua falta, o senhor sempre foi muito alegre, e o pessoal lembra de suas cantorias, era muito legal.

Mas, enfim, tudo passa e temos que prosseguir, aqui é apenas uma escola, pois tenho certeza que está em um lugar muito melhor e superior a este aqui, sem dúvidas deve ter encontrado seu ídolo gardel, e devem estar cantando juntos.

Com certeza devem estar tomando uma cerva bem geladinha, era legal quanto tomavamos juntos e nos divertiamos, só estou te saudando, pelo que o senhor foi para nós, seus ensinamentos fez com que sempre andassemos de cabeça em pé, com dignidade, nunca fomos ricos de dinheiro, mas fomos e somos de amor e correição, o senhor e a mãe foram dois grandes lutadores, mas valeu, viveram sessenta anos juntos, e nós tivemos o que há de bom para aprender e guardar em nossos corações e usarmos no dia-a-dia.

A mãe está meio devagar, mas indo, ela é uma guerreira de primeira, não de deixa abater pelos problemas de saúde que está enfrentando, e não quer que fiquemos em cima dela, é independente, por tudo isso e mais, temos orgulho de nossos pais.

Até algum dia, pois o Pai Supremo, só ele sabe, quando nos encontraremos novamente.

9 comentários:

  1. Linda e emocionante carta ao teu pai. Eles ficam para sempre em nossas recordações !beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. semana retrasada fez três anos que perdi minha mãe.

    foi numa noite que, de tão longa, nunca mais acabou.

    parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
  3. Olá, boa tarde.
    Sou professora, pesquisadora e contadora de histórias.Vivo de blog em blog angariando leitores e tentando divulgar o meu pelo simples fato de perpetuar a história de meu país - tenho medo que ela seja engolida por toda essa globalização.
    Se gostar de meu esdpaço e achar minha proposta coerente, por favor SIGA-ME nesta luta por um mundo melhor.
    FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... está convidando para conhecer uma lenda bastante contemporânea - a do pássaro-cabeça-de-vento.
    É só clicar no link http://www.silnunesprof.blogspot.com que você chega até lá rapidamente.
    Gostaria que tivesse um pouquinho mais de paciência comigo, estou com alguns probleminhas para resolver: preciso de um novo exame de vista e de um monitor novo, o meu está meio embaçado, já tentei regular, mas o problema está com ele mesmo, tenho de comprar outro. E agora não me encontro em condições disso - só eu sei o sacrifício que faço para postar as histórias.
    Se já passei por aqui, mil perdões. Como disse, a falta dos meus óculos e esse monitor com problemas não me deixam enxergar direito.
    Que os bons ventos soprem a seu favor neste ano de 2010.
    A PAZ .
    Saudações Florestais !

    ResponderExcluir
  4. Sueli

    Bom dia

    Bela homenagem. Costumo dizer que: a serena saudade é a melhor e mais iluminada forma de lembrar.

    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  5. Oi Sueli querida, tenho certeza que seu paizinho está contente com essa linda hoemenagem . Posso avaliar o que você está sentindo...Perdi minha mãe há dois anos e a saudade é muuuuita.
    Um beijo e fique bem.

    ResponderExcluir
  6. Olá minha amiga essa saudade eu acho que é boa de sentir. Pois que não adianta um dia eles partem e então lembramos deles como se ali estivessem conosco. Um abraço minha amiga.

    ResponderExcluir
  7. não se preocupe com os fakes.

    são os mesmos idiotas dos tempos do Globoonliners.

    ignore. são dignos de pena e risos.

    beijoca.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom a certeza do reencontro!!!Grande beijo.

    ResponderExcluir
  9. Sueli,

    Bonita homenagem ao seu pai.

    Lembro que ao falecer meu pai há 31 anos uma prima chegou perto de mim e disse;
    - Quanto mais tempo passar mais você se lembrará dele e mais saudades terá.
    É é verdade!
    O mesmo acontece também com à minha mãe desde de que ela faleceu há 17 anos.

    O tempo não apaga essas lembranças e saudades!
    Deus esteja sempre ao seu lado nesses momentos de lembranças e saudades!

    Abraços.

    ResponderExcluir